terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Sobre réveillons

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

003

Claro que esse post “ultimo dos moicanos” teria como tema: Réveillon! adoro réveillons, principalmente quando são internos e explodem de dentro pra fora com fogos que deixaram de ser artificiais e são reais, concretos e sem ilusão de ótica…

Esse que vem ai , resultado de todos os que vieram no decorrer desse ano que está acabando, vai me achar melhor …ah se vai! e com menos promessas pro ano que vem.Não quero me alimentar de possibilidades, quero vive-las ou continuar vivendo.Fazer planos também não.Um dia de cada vez serve pra tudo… qualquer coisa que já venha com cheiro de urgência liga meus alarmes internos de auto-defesa.

Também não é uma desculpa pra mergulhar na letargia indolente da alma, não isso não, nunca mais… quando se avança através de suas portas e fechaduras antes  emperradas, não existe possibilidade de ficar parado, especialmente quando se é claustrofóbico.

Resgatar o direito de ser é um alvo a perseguir, talvez ai venha minha contradição quando falo de não fazer planos, assumo, tenho um plano sim.Continuar resgatando esse direito sem protestos públicos, sem motivações outras que não sejam a simples comunhão comigo e com minha verdade. Tem gente que “é “para os outros,  eu quero “ser” pra mim…

Falando em claustrofobia , resolvi usar a minha a meu favor e como tenho falado nos meus últimos e escassos posts, ando deletando quem me ameaça a alma. Minha ultima descoberta é que gente com instabilidade de humor me adoece, aliás sempre me adoeceu e eu não me dava conta. Pessoas assim causam  nas outras um sentimento terrível de refém, além de detonar com a auto estima gerando uma insegurança assassina… isso pra mim tem aquele efeito do elevador preso no andar…arghhh deixa eu parar por aqui que esse papo me assusta! só sei que quando a porta abre eu sou o primeiro a mergulhar pra fora. As vezes literalmente!

Um lindo 2011 pra todos!

E sejam… ou melhor! sejamos!

 

8 contribuições para o avesso do Blog:

Serginho Tavares disse...

pessoas com humor instável merecem viver sozinhas!
faz bem se afastar delas.
e eu gosto desse clima de ano novo de recomeços... enfim... feliz ano novo pra você queridão!
e que em 2011 você escreva bem mais porque eu adoro seus posts!

abração

Edu disse...

Ó só... de vez em quando eu ate fico brabo (e irritado quando a glicose abaixa...), mas no geral meu humor é esável. Não deleta eu!!! :-)

Faz bem em identificar e bloquear o que te fazmal, meu amigo. E faz bem em "ser" pra você e pros seus.

Abração e feliz ano novo!!

Paulo Braccini disse...

pois então! que 2011 seja um ano Genial mesmo ... viverei o dia a dia ... sem maiores projetos ... mais no jeito deixa a vida me levar ...

bjux

;-)

Marcelo Moraes disse...

O desejo de poder sentir as coisas, cada dia tem sido mais difícil de praticar, mas não acho que seja impossível, pra tudo dá-se um jeito.

O bom dos fogos e do soar do novo ano, é a sensação de que estamos neutralizando certas coisas, e renovando outras. E, claro, planejando alguma coisa também, isso é impossível, né? rss

Um abração, meu amigo, e "proveita" a festa que está por vir!

Edilson Cravo disse...

Gostei muito do post, que 2011 nos reserve coisas boas e que sejamos felizes e encontremos aquela paz tão rara de se sentir mas que faz tão bem pra alma. Abraços querido.

Pimenta disse...

Yes!Isso mesmo!
Mas olha, não generaliza o humor instável, que a gente é um muito disso.O problema não é a instabilidade do humor, mas a qualidade da comunicaçao!
A gente fica puto, fica feliz, e a unica diferença é que uns contam o que está acontecendo, e outros não.
Os que não falam o que pega é me dão medo!
Mas no mais,achou desconfortável, poda, poda mesmo.
E tenha um ótimo ano, de ir vivendo, honestamente.Boas festas!
bjo

Dama de Cinzas disse...

Sobre reveillon eu adoro. Mas esse ano sem um pingo de ânimo, olho tudo com um tédio caracteristica da fase que me encontro.

Mais coisas em comum entre a gente. Tenho claustrofobia e detestos gente de humor instável, porque já não dou conta do meu humor, então dar conta do humor oscilante dos outros é um suplício pra mim. Adoro gente linear!

Boa entrada de ano pra ti e que curta bastante!

Beijocas

Lobo disse...

Que maldade com pessoas de humor instável XD.

É muito fácil lidar com elas. Seja instável com elas também. Geralmente elas não gostam de provar do próprio veneno e ou somem de vez, ou se policiam. É uma maravilha.

E sobre o reveillon, não fazer planos é a melhor coisa que a gente faz. Afinal, eles vão sendo todos desconstruidos ao longo do ano mesmo :p

Abração Robson! E Feliz Ano Novo!