terça-feira, 16 de dezembro de 2008

Reflexões para um reveillon lúcido

terça-feira, 16 de dezembro de 2008


Hoje abri minha janela e a vizinha da frente estava debruçada e cabisbaixa em sua janela... recolhi o bom dia pois ela tinha direito ao seu silêncio que me soava triste... era impregnado de reflexões e talvez algumas constatações... Aliás época propícia para isso, assim como para dietas de emagrecimentos utópicos...
Assumo o clichê de final de ano percebendo lições preciosas que aprendi comigo e com uma pequena porção de pessoas que cruzaram meu caminho, e não me permitiram atalhos perigosos...
Vou fazer em forma de lista, sim, uma lista de presentes recebidos graciosamente – amo essa palavra - em forma de aprendizado...
- Redescobri meus amigos antigos e descobri que eles sempre estiveram no mesmo lugar eu é quem não os via...
- Descobri maturidade, e a gente percebe que ela é real quando se manifesta sem esforço sobre-humano ou com cara de auto-sugestão.
- Aprendi que as pessoas que morrem de abandono são aquelas que entregam seu amor para que outros o carreguem sem recolher de volta para si mesmos, quando não mais existe reciprocidade...
- Descobri que precisamos ser fiéis ao amor que podemos oferecer aos outros... e que as frustrações vem na mesma medida das ilusões que as antecederam...
- Lembrei-me de algumas pessoas que sumiram do mapa e dei graças a Deus...
Paro por aqui a lista, para continuar descobrindo e aprendendo coisas... assimilando brotos de sementes esquecidas, as que vingaram mesmo semeadas em tempos distantes, onde não se sabia que elas deviam morrer antes de germinar... e que o tempo difere de uma para outra.
Como disse o sábio “Melhor é o fim das coisas do que o princípio delas...”


Imagem: internet

32 contribuições para o avesso do Blog:

Cris Animal disse...

Caramba, que lindo!
Bendita a vida que está ensinando tudo isso à vc e melhor ainda: que bom que vc está aprendendo.
Somos todos aprendizes. Alunos mais ou menos atentos e aplicados, mas alunos! O lance está em fazer a lição de casa....rs
Li seu texto duas vezes e vou voltar para ler mais. Boa leitura, alimenta!
Beijo pra vc.
.........Cris Animal

Robson disse...

Cris
Pelo seu carinho comigo e pelo incentivo claro!
Bj

Philip Rangel disse...

Puts cara...parabens pelo post...todo ano crescemos mais..e buscamos sempre melhorarmos em nossa vida e atitude....
parabens mesmo...

abraçao

Michele Moura disse...

Meu querido Robson,

Como eu disse num dos blogs do Luiz - the count - eu ando observando e absorvendo muito e, por isso ando falando bem pouco.

Devo estar em uma fase de aprendizado também. Essa época de fim de ano e início de outro suscita isso, acho eu.

Enfim, o que eu pretendia dizer é que fico encantada com essa postura honesta que tu tens diante da vida: de admitir que nem sempre tens as respostas e de abraçar o aprendizado constante que é viver.

Fico feliz em ter te conhecido, e agradecida pela possibilidade de também eu aprender um pouco mais a partir das tuas reflexões.

Espero que juntamente com o aprendizado, tenhas muitas felicidades e realizações ao lado da tua família.

um grande beijo

Cris Animal disse...

Robson,
Pelo seu carinho em compartilhar !
O BRI GA DA !
beijo

Olavo disse...

Ola..retribuindo a visita e conhecendo seu espaço..
Parabens..bela postagem e belo blog..vou te adicionar ok?
abraços

ICH LÍEBE DÍCH-2 disse...

Gostei demais....daqui!
Bjs...Dina

Beto Canales disse...

Legal.

Cadinho RoCo disse...

Rapaz, esse negócio de contabilizar o que aconteceu no ano que já vai indo para ajustar o que vem vindo termina é por embolar o nosso raciocínio. Pois prefiro ficar aqui tal como estou, ao invés de varrer o que passou, ou de lançar iscas ao que está por vir. Cansei disso.
Cadinho RoCo

Beautiful Stranger disse...

gostaria de registrar aqui meus sinceros votos de um natal 'iluminado' e de um novo ano feliz e perto das pessoas que ama;


estou de certa forma entrando em "stand-by", deixo um 'post' bem 'legendário', espero que compreenda; isso não é uma despedida, 'não ainda'...

;)
http://strangerbeautiful.blogspot.com/

felipe lima disse...

'Descobri que precisamos ser fiéis ao amor que podemos oferecer aos outros... e que as frustrações vem na mesma medida das ilusões que as antecederam...'
eu vou fazer desse tópico, bússola pro ano que começa. e agradeço imensamente pela ajuda, ainda que de forma involuntária.

Cacau disse...

Gostei.. simples e real.
Confesso, um achado que adicionarei em meus favoritos.
Aguardo novos textos.
Até..

Marcos Campos disse...

Olá Robson!!
Obrigado pela visita e pelo elogio...
Muito legal o seu espaço, realmente gostoso e interessante de ler o que vc escreve...voltarei...
Abraço!!!

Tiago M. disse...

É final de ano tras essa neostalgia, chata, legal, depende, mais é bom, ver o que foi conquistado, o q foi esquecido, o q foi apreendido....
O importante é saber q cresceu um pouco, q foi um pouco além, e a maturidade foi e esta sendo conquistada....
abrazzz

Andréa disse...

Oi Robson!!
Também escrevi sobre o reveillon e sobre o desespero das pessoas em se livrarem do ano que está indo embora.
Eu não...
Eu celebro o "ano velho" porque ele me trouxe coisas maravilhosas - como todos os outros 34 que já vivi.
Mas talvez, a melhor lição tenha sido a descoberta da maturidade.
Por isso, um brinde: tim-tim!!
E muitas realizações para você em 2009.
Beijos,

Andréa

Conde Vlad Drakuléa disse...

Meu querido amigo, antes de tudo te desejo um feliz Natal e um também mui feliz Ano-Novo! E fico agradecido por ter conhecido o homem mais verdadeiro e sincero que já vi!

Uma pena que a bela vizinha estivesse assim... Gostaria que tivesses registrado essa cena... A fico imaginando sem parar agora em minha mente... Você também ensina muito à vida, ensina que a Humanidade tem futuro!
Um enorme abraço amigo, e estás sempre em meus pensamentos, sempre!

Até breve :)

Jana disse...

O mais importante, meu caro, é não entrarmos e sairmos dos anos do mesmo jeito.

Grande abraço
:)

huga katia disse...

Amei seu blog, e esse texto é tudo!!
bjão!

Robson disse...

Pessoal obrigado por cada postagem feita aqui no avesso do blog.
O crescimento acontece e muito lendo cada um de vocês...
Tudo de bom!

eliane disse...

Lembrei-me de algumas pessoas que sumiram do mapa e dei graças a deus.
Valeu o ano, Robson!
Elas, essas pessoas, andam em nossas vidas como lesmas, grudadas, aparecendo sempre que não deveriam, dizendo coisas que não precisaríamos ouvir, sorrindo amarelo, nos abraçando e beijando sem razão, deixando energias pesadas... bem, é que eu tenho um sexto sentido meio extraordinário, daqueles que detectam LONGE esse tipo de gente.
E sempre faço uma festa enorme quando ELAS desaparecem.
Neste final de ano estou particularmente feliz, porque estarei, dia 31, me despedindo de MUITAS delas, para não mais ter que vê-las diariamente.
Sou cargo de confiança na prefeitura, e meu prefeito perdeu as eleições, de modo que estou fora do próximo governo.
Desempregada, sim, mas feliz, de verdade, porque a vida se renova.
Melhores coisas e dias virão.
Ano novo, Robson, e bom natal.
beijo

Lia disse...

Puxa! Posso citar uma frazezinha sua com as devidas aspas?
"Aprendi que as pessoas que morrem de abandono são aquelas que entregam seu amor para que outros o carreguem sem recolher de volta para si mesmos, quando não mais existe reciprocidade..."
Quando não mais existe reciprocidade...
Posso discordar também do s´bio citado?rsrsrs
O melhor é sempre estar no caminho, seja em qualquer ponto dele...O início dá certa ansiedade. O fim...Trbalho cumprido mas alguma, prá não dizer muita, saudade. Fim da linha...
Adorei seu text. Me deu o que pensar e precisei fazer bastante isso aí, rs, prá fazer ulgum comentário. E como me serviu!
Obrigada.

Um abraço

Cris Animal disse...

Vim te ver....beijo

Philip Rangel disse...

Meus amigos, o Entrando Numa Fria agradece a sua participação em seu debate e já lança a resposta em seu post, agradecemos e contamos com sua presença maciça. Sem vocês não vamos para frente.

Sobre seu post:

Robson...a cada dia vivemos e aprendemos...como meu chefe de meu estagio me fala..."SOMOS UM ETERNO APRENDIZ"..parabens mesmo...

grande abraço

João da Silva disse...

Rapaz, eu parei lá em cima, onde você disse que recolheu o bom dia, para garantir à vizinha o direito ao silêncio. Isto é de uma sensibilidade e de um respeito, que me tocou profundamente. Ah, se as pessoas se respeitassem assim...
O restante do texto também é excelente: os que vão, os que ficam, o que resta n'alma; o respeito pelo próximo, entretanto, este é insuperável.
Abraços sinceros do João

Mary West disse...

2008 foi bom, má sempre creio que o próximo ano será ainda melhor. ;)

Sentimental ♥ disse...

amor e dor são partes constantes do crescimento do ser humano, tmb aprendi muita coisa nesse ano q passou e pretendo aprender muito mais, crescer exponencialmente e dar de mim o melhor q eu puder... obrigada pelo belo texto, adorei a lista.
beijos

*cheguei aqui pelo blog do Olavo.

[Farelos e Sílabas] disse...

...



_____ nas nossas descobertas,
construímos mais caminhos,
os nossos pelos quais
andamos, na vida,
que é estrada,
sempre lição!


___ desejo-lhe, a cada dia,
sementes novas, colhendo
lições, pois tudo é
desigual. Eis a
riqueza!


_ o barato de tudo, porém,
é que a gente na vida
aprende sempre!


F
E
L
I
Z


__ natal, renascimento na
manjedoura mais própria:
teu coração!


...

Dama de Cinzas disse...

Depois de tantas tempestades, acho que agora estou conseguindo me reerguer!

Beijocas

Luiz Gonzaga disse...

Aprendamos sempre!

Mila disse...

Acho que minha lista ficou maior... hehehe... como sou realmente prolixa... hauahauhaua
Te desejo um excelente 2009!!!!
Beijos Mila

Olavo disse...

Dentro de alguns dias, um Ano Novo vai chegar a esta estação.
Se não puder ser o maquinista, seja o seu mais divertido passageiro.
Procure um lugar próximo à janela desfrute cada uma das paisagens que o tempo lhe oferecer, com o prazer de quem realiza a primeira viagem.
Não se assuste com os abismos, nem com as curvas que não lhe deixam ver os caminhos que estão por vir.
Procure curtir a viagem da vida, observando cada arbusto, cada riacho, beirais de estrada e tons mutantes de paisagem.
Desdobre o mapa e planeje roteiros.
Preste atenção em cada ponto de parada, e fique atento ao apito da partida.
E quando decidir descer na estação onde a esperança lhe acenou não hesite.
Desembarque nela os seus sonhos...
Desejo que a sua viagem pelos dias do próximo ano, seja de

PRIMEIRA CLASSE

Feliz Ano Novo!

Tecnenfermaginando disse...

Olá,

o passeio foi divertido.

O gde lance da vida, aprender com a gentes mesmo, com nossos erros, derrotas, vitórias e tudo mais, mas olhar a vida do outro e saber o q queremos pra nós, se aquela experiência não foi válida p/ outro, afinal, por que seria pra mim?

Prazer.

Teresa