terça-feira, 11 de novembro de 2008

A minha extravagância...

terça-feira, 11 de novembro de 2008

Uma das coisas que me faz querer escrever cada vez mais, é a possibilidade de não-ter-que-fazer-sentido.
Ainda mais quando se assume uma cara-de-pauzice como a minha de publicar insensatezes a torto e a direita quando me dá na telha.
Estou lendo um livro de crônicas do Mário Prata, e uma em especial me chamou a atenção.
Ela se chama Extravagância. Nesse texto ele fala de palavras, que em sua opinião não combinam com o sentido dado a elas.
Lógico que depois de ler isso, todas as palavras que carrego na mente e que não fazem o sentido - estabelecido por sei lá quem – que deveriam fazer pra mim, vieram aos montes.
Por exemplo:
Bastardo: Acho essa palavra linda e penso ser injusto o significado que lhe é atribuído. imagine! quer algo mais legítimo do que esse nome? que inclusive poderia ser próprio: O Sr. Bastardo de Alcântara convida para ... tudo a ver! ainda mais seguido de convida.Pena que os bastardos que andam por ai não conhecem essa palavra.


Hodierno: Outra palavra que não me desce o significado, tudo bem, mas acho um contra- senso ela significar atualidades com essa cara de hodierna que tem. Acho que ela deveria ser aplicada a alguém compulsivamente chato, daquele tipo... hmm...bem! ... hodierno.


Imagético: Além de tudo é feia a infeliz. A bem da verdade. Crianças e homens são totalmente imagéticos e as mulheres tem uma relação estranha com a tal palavra. Apesar de apostar nela com tudo que a santa Avon, suas descendentes e adjacentes podem oferecer; elas não são imagéticas no plural, só no singular... não entendeu?!.Quintana me entenderia.
A tal palavra, tem cara de remédio pra azia e prisão de ventre:
-Nossa! to com uma dor no fígado! ... Toma um Imagético que melhora!
- Bebeu demais? abusou da feijoada ? tome Imagético!
- Prisão de ventre? Intestino irregular? que isso?! pare de sofrer tome Imagético!
- Tome Imagético e dê adeus às hemorróidas!
Melhor parar por aqui ...

22 contribuições para o avesso do Blog:

Adriano Queiroz disse...

hahahah
Adorei seu comercial do Imagético.
Uma palavra que eu demorei para associar com o significado é "nocivo", sempre achei que era algo bom.
Abraços.

Conde Vlad Drakuléa disse...

O Mário Prata é excelente, adoro ele desde que ele escrevia no Estadão, e realmente "bastardo" seria um nome interessante, huehduehduehdhued, com tantos cleimírsons e Juvenílsons, é capaz que tenha gente que goste e que coloque esse nome nos filhos, eu acho mais bonito que Mike Tisons ou Clanderleis Perônios, huáhuáhuá... Agora "imagético" ficou sensacional... O Quintana tá reencarnando de rir lá do céu....
Excelente texto, genial, grande abraço do conde :DDDD

Beto Canales disse...

Muito legal

Cara de 30 disse...

Morri de rir com os teus comerciais para o imagético... Até pensei em um, no estilo gelol, aquele do "caiu, bateu, machucou... tem que ser gelol", lembra?

Então, seria assim: "se você já está caquético... passe imagético..." QUANTA CRIATIVIDADE EM PROL DA BESTEIRA! :P

Mas o melhor de tudo é justamente poder escrever o que quiser e ver um monte de gente lendo e se divertindo com isso... :)

Abraço, meu amigo.

eliane disse...

Muito engraçado, esse texto.
E nossa lingua tem cada palavra esdrúxula (vide a própria) que vale a pena, de vez em quando, falar nelas.
Quem usa muitas palavras estranhas, além de criar algumas para a ocasião em que está escrevendo seus textos é o Luis Fernando Veríssimo. E o resultado é hilariante.
Uma vez ele escreveu que "plúmbeo" lembrava a ele alguma coisa caindo na água, e não o verdadeiro sentido da palavra que, na verdade, nem sei dizer qual é.
grande abraço

Cami disse...

Show esse blog!

Olha, vou te dizer. Postei lá no meu blog um dicionário de Loiras que vai colocar o Mário Prata no chinelo. Hahahaahah

Só que aqui o Mário Prata é genial, já as loiras..... que me perdoem.

Bjs

Jana disse...

E profano?
Tem palavra mais bonita?
Para mim, é a palavra mais bacana da língua portuguesa, e penso que deveria ser um elogio:
- Meu namorado é profano.

Nossa, até arrepia.
:)

CARLA ROCHA disse...

Cara de pauzice também deveria entrar nessa lista!!! Sabe por que? Deixa de ser MODESTO homem!!!! Belo texto, beijo grande!

Robson disse...

Olha as pérolas que estão sendo publicadas aqui é que fazem o prazer aumentar quanto a diversidade de significados!
"Nocivo" "Clanderleis Perônios" "imagético pra caquético"
"Plumbeo" hahahahaha e profano? nossa tambem acho essa palavra linda Jana nos dois gêneros.
E carlinha? valeu o puxão de orelhas, vou passar imagético! hahahahahahahaha
bj a todos!

acqua disse...

Boa tarde meu caro, cá estou eu a ler suas linhas e confesso que recordei algo que escrevi há tempos atrás sobre mim mesma. Aquele ode que a gente faz sobre porque escreve. Li esses dias um escritor que disse que escreve porque não quer ser esquecido e isso lembrou-me um romance que estou escrevendo atualmente cujo nome é Farfalla.
Bem, há muitas coisas que eu jogo no ventilador e deixo ver onde vai por não encontrar compreensão ou simplesmente por dar de ombros e olhar de canto...
Abraços meus

Andréa disse...

Aprendi outro dia o que é hodierno e confesso: odiei!!
Na lógina do Mário Prata (e também na lógica infantil) isso poderia ser alguma parte do nosso organismo, tipo "inflamou o hodierno", vai "operar o hodierno" e por aí vai.
Beijos e parabéns, o texto é ótimo!!

Andréa

Michele Moura disse...

aimeudeus!

por tua causa... dois anos de pós em literatura comparada [curso que abandonei, diga-se de passagem] vieram à tona por causa de uma palavra, uma palavrinha...
adivinha qual?

"imagético"!!! ;p~

huieahuieahuieahuiea

o casalqseama* disse...

eu também tenho essas indagações e discordâncias em relação às palavras...

quanto a hodierno, putz, é uma palavra hodierna mesmo!

rsrs

bjs da fê =D

Aline Dias disse...

Realmente! Se eu pudesse sempre usar, pois às vezes posso, o sentido que quero dar para tal palavra seria mais fácil, mas o meu problema é o medo de ser mal interpretada que ainda me espreita.

Beijos, querido.

Cara de 30 disse...

Robson, tem um meme e um selo pra você lá no meu blog. Dá uma passada por lá, ok?!

P.S.: Gostei do novo layout! :)

felipe lima disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
felipe lima disse...

Me agrada muito essas contravenções dos nossos escritores.
Acho tão original.

Gabriele Fidalgo disse...

A publicidade para o 'Imagético' foi ótima mesmo! haha

Dia desses fui numa palestra do Antônio Prata, que é filho do Mário e ótimo também.

Mas continue sendo extravagante. Que graça tem a normalidade? hehe

beijos pra vc!

Gui Sillva disse...

Os livros do Mário Prata são ótimos!
adorooooo

e é sempre bom "fazer" uma extravagância...

Escriba Eventual disse...

sabe qual palavra eu gosto:

horrenda!!! hahaha

achei engraçado o seu texto

Gaby Soncini disse...

Fiquei muito interessada em ler o livro mencionado por você.
Achei interessante a idéia e amei o tom de humor que você colocou no texto.

Ao contrário de você acho a palavra Bastardo bastante feia rsrsrs.

Grande beijo e parabéns por mais este ótimo post.

nina disse...

Conheço uma infinidade de pessoas hodiernas!
E quem precisa de um Imagetico urgente eh minha mae pra curar o estresse!


Mario Prata é um escritor maravilhoso (leia o Antonio, leia o Antonio!)